ENVI-met Turnê mundial

ENVI-met convida você a visitar megacidades e cidades de menor porte em diferentes continentes, para tentar responder às perguntas mais importantes sobre o futuro da humanidade: Como podemos satisfazer nosso desejo e necessidade por mais espaços recreativos, reduzindo o aquecimento e a densidade urbana, tendo em conta os efeitos das mudanças climáticas?

Responderemos a estas perguntas mostrando mensalmente estudos realizados por arquitetos, a respeito de distritos urbanos de áreas metropolitanas ao redor do mundo, analisando a qualidade de vida de seus habitantes, a vegetação, e indicando sugestões sobre como a experiência de viver nestas cidades poderia ser melhorada.

Faça um tour ao redor do globo

01

Emirados Árabes Unidos

O Studio 4215 examina como adaptar a malha urbana ao conforto do pedestre, enquanto este transita entre o antigo e o novo.

02

Peru

A especialista em sustentabilidade urbana Carol Torres examina maneiras de melhorar o conforto térmico em Lima.

03

Itália

O professor Naboni e seus colegas da Universidade de Parma e da Tal Tech examinam como os pátios estão ameaçados pelas mudanças climáticas e como as estratégias de sombreamento, vegetação e ventilação cruzada podem garantir a qualidade local.

04

Nigéria

Em breve

05

Estados Unidos

Em breve

06

China

Em breve

07

Índia

Em breve

08

Iran

Em breve

Todos os dias milhões de pessoas são expostas às condições das mudanças climáticas nas grandes cidades

Por meio do ENVI-met, ajudamos a criar cidades mais agradáveis para as pessoas, em equilíbrio com o ambiente natural. A sustentabilidade é frequentemente percebida como priorização do meio ambiente em detrimento das necessidades das pessoas. Entendemos que não se trata disso – e podemos comprová-lo com números cientificamente verificáveis.

Desde sua fundação em 2014, a empresa ENVI-met GmbH tem se empenhado em compreender a dinâmica dos ambientes locais para permitir projetos urbanos sustentáveis. Utilizamos as simulações do ENVI-met para pesquisar e quantificar os efeitos da arquitetura e do planejamento urbano em relação às condições microclimáticas dos espaços abertos.